Publicidade

cotidiano

Dia dos Pais: restaurantes esperam dobrar o faturamento em relação a 2020

Dia dos Pais tem como característica principal a celebração da data no almoço, quando os estabelecimentos estarão funcionando com 80% de capacidade

| ACidadeON Campinas -

Restaurantes esperam alta na data deste ano. (Foto: Denny Cesare/Código 19)

A Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) de Campinas divulgou na última sexta-feira (6), que espera um crescimento de 100% no movimento de bares e restaurantes no "Dia dos Pais", comemorado hoje (8), em relação ao mesmo período do ano passado.

"Neste ano, com abertura, mesmo com 80% de capacidade, o faturamento deve dobrar tanto para restaurantes como bares, liberados para atendimento presencial", disse Matheus Mason, presidente regional da entidade.

Em 2020 o setor funcionou apenas com delivery e retirada de pedidos já que as medidas restritivas de controle à pandemia impediam que os estabelecimentos recebessem clientes no local pelo risco de contágio da covid-19.

A projeção, otimista, da Abrasel representa grande parte do interior e litoral paulista.

ESTIMATIVAS

Ao contrário do Dia dos Namorados, data com comemorações noturnas, quando o aumento médio superou 50%, o "Dia dos Pais" tem como característica principal a celebração da data no almoço, quando os estabelecimentos estarão funcionando com 80% de capacidade.

"A expectativa para todo o setor nesta data é bastante positiva", diz Matheus Mason, presidente regional da entidade.

Segundo Mason, o movimento nos estabelecimentos do setor vem aumentando desde a maior flexibilização de horário e capacidade de atendimento, o que já ficou claro no Dia dos Namorados, quando o movimento registrou alta de 50%.

"Com um aumento expressivo no número de pessoas vacinadas, a tendência é que a economia comece a voltar a funcionar e o cliente, se sentindo mais seguro e com os bares e restaurantes seguindo os protocolos, volte a consumir", avalia.

VENDAS

Levantamento da Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas) aponta que as pessoas gastem mais com o presente do Dia dos Pais neste ano. O comércio da RMC (Região Metropolitana de Campinas) espera faturar R$ 140 milhões. O valor médio que cada pessoa pensa em gastar esse ano é de R$ 125 com o presente.

Com isso, as vendas físicas para o Dia dos Pais de 2021 devem crescer 22,8% na região e 25,5% em Campinas, se comparados ao mesmo período de 2020. No ano passado, a redução de vendas no Dia dos Pais, na comparação com 2019, foi de 41,4% na RMC e de 42% em Campinas, devido às restrições de funcionamento do comércio diante da pandemia (leia mais aqui).

Mais notícias


Publicidade