Publicidade

cotidiano

Campinas atualiza dados e divulga mais seis mortes de covid-19

Conforme a divulgação, todas as vítimas tinham doenças preexistentes e quatro tinham mais de 60 anos

| ACidadeON Campinas -

Fluxo de pedestres no calçadão da Rua 13 de Maio, no Centro de Campinas (Foto: Denny Cesare/Código 19)
 

Campinas divulgou mais seis mortes por covid-19 na tarde desta segunda-feira (27). Com isso, chegou a 4.473 óbitos relacionados à doença desde o início da pandemia, em março do ano passado.

De acordo com o boletim epidemiológico da secretaria de Saúde, todas as vítimas tinham doenças preexistentes (comorbidades) e quatro tinham mais de 60 anos.


Além disso, cinco eram homens e uma era mulher. Conforme a pasta municipal, uma morte foi registrada em 2 de abril. Outra, em 5 de agosto. As demais foram registradas entre 13 e 25 de setembro.

NOTIFICAÇÃO NORMALIZADA

O município informou ainda 296 novos casos de coronavírus. A atualização em relação ao balanço de sexta (24) voltou a contar com os dados do E-Sus, do Ministério da Saúde.

O sistema, que ficou 18 dias fora do ar, voltou a fornecer informações.
Com isso, a cidade agora totaliza 138.883 casos.

VACINAÇÃO

O boletim atualizou a situação vacinal contra a covid-19. Até o momento, 922.536 moradores receberam a primeira e 668.143 a segunda e a dose única dos imunizantes. Ao todo, 6.972 pessoas receberam a dose adicional.

OS DADOS

Casos: 138.883 (138.587), 296 a mais.

DETALHAMENTO

Óbitos: 4.473 (eram 4 4.467), 6 a mais.

Detalhamento dos óbitos:
Gênero
- 5 homens
- 1 mulher.

Comorbidades
- todos tinham comorbidades

Faixa etária
- 4 tinham mais de 60 anos
- 2 tinham menos de 60 anos

AS VÍTIMAS

- Homem de 48 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 2 de abril.
- Homem de 53 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 5 de agosto.
- Homem de 70 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 24 de setembro.
- Homem de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 25 de setembro.
- Homem de 76 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 23 de setembro.
- Mulher de 88 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 13 de setembro.

Publicidade