Publicidade

cotidiano

Fiscalização de regras contra covid autua 4 estabelecimentos no Ouro Verde

A fiscalização ocorreu em um shopping da região e em estabelecimentos nas avenidas Ruy Rodriguez, Arymana e Suaçuna

| ACidadeON Campinas -

Fiscalização ocorreu nesta quarta-feira em Campinas. (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas)

Quatro estabelecimentos comerciais de Campinas foram autuados na noite de ontem (16) durante fiscalização da Vigilância Sanitária na região do Ouro Verde. A ação ocorreu para verificar se os estabelecimentos estão cumprindo as medidas de controle e prevenção da covid-19.

Segundos os fiscais, as quatro autuações ocorreram porque foi constatado que trabalhadores, clientes ou frequentadores estavam sem máscara ou usavam o equipamento de proteção de forma incorreta (no queixo). 

A fiscalização ocorreu em um shopping da região e em estabelecimentos nas avenidas Ruy Rodriguez, Arymana e Suaçuna. Foram vistoriados bares, lanchonetes, lojas de espetinhos, padarias, restaurantes, adegas e sorveterias.  

As autuações chegam a R$ 1.446,44. Em caso de reincidência, a multa dobra.

A AÇÃO

Durante as inspeções, foram verificados itens como uso de máscaras, respeito ao distanciamento social entre mesas e cadeiras, limitação do fluxo de pessoas, demarcação no piso, disponibilização de álcool em gel e fornecimento de máscaras em número suficiente para os funcionários e placa afixada em local visível sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras. Os fiscais também observam os cuidados com a higienização dos ambientes e utensílios.  

A população também pode denunciar se algum estabelecimento estiver descumprindo as normas sanitárias por meio do 156 ou pelo hotsite da covid-19 no portal da Prefeitura (www.campinas.sp.gov.br).  

ALERTA
 
Em nota a Prefeitura reforçou a importância do uso de máscaras e pede a colaboração da população. Vale ressaltar que, o aumento do número de casos positivados no município é um alerta para a intensificação dos cuidados preventivos e a manutenção dos protocolos de segurança para a proteção contra a Covid-19.

Mais notícias


Publicidade