Publicidade

cotidiano

Suspeito morre após Baep fechar desmanche ilegal em Artur Nogueira

Homem tentou fugir do local após PM encontrar desmanche e houve troca de tiros; outro suspeito foi preso

| ACidadeON Campinas -

Movimentação do Baep durante as buscas (Foto: Pedro Torres/EPTV Campinas)
Um suspeito morreu após tentar fugir de um desmanche clandestino fechado pelo Baep (Batalhão de Ações Especiais), da PM (Polícia Militar), nesta quinta-feira (5), na zona rural de Artur Nogueira. Durante a fuga, houve perseguição e troca de tiros. Um outro envolvido se entregou. 

O desmanche seria utilizado para retirar peças de veículos que seriam roubados pela quadrilha, composta por ao menos quatro pessoas. Elas foram encontradas hoje no local. 

Após a prisão do homem que se entregou, os outros três suspeitos começaram a fugir pela mata. Neste momento, a PM iniciou a perseguição e encontrou um deles em outra chácara na zona rural da cidade. O criminoso teria disparado três vezes contra a equipe, que revidou. O homem foi morto com um disparo. 

De acordo com a corporação, foi uma denúncia anônima que levou a equipe até o local. Além disso, o rastreador de um caminhão roubado ontem na região de Campinas também apontou a localização para o Baep. 

Peças de diversos carros e do caminhão parcialmente desmontado foram encontrados no estabelecimento usado de maneira clandestina. 

"Nós paramos a viatura e fomos a pé até o local. Mas os infratores perceberam a nossa chegada ao barracão e seguiram em direção ao matagal que fica perto dali", disse o Baep. Com um dos suspeitos foi apreendido um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas. 

MORTE DO SUSPEITO 

Após a troca de tiros, equipes de resgate compareceram ao local, porém constataram o óbito do homem. O local foi preservado para perícia. O outro infrator se entregou pacificamente e foi detido ileso. Os policiais não se feriram. 

BUSCAS 

O helicóptero Águia da PM foi acionado e sobrevoou a região, mas os outros dois suspeitos não foram mais encontrados. As buscas com viaturas da PM continuam pela cidade, na expectativa de localizar os homens. "Vamos continuar trabalhando para que a gente consiga prender todos os envolvidos", disse o Batalhão. 

VÍTIMAS 

Ainda de acordo com informações do Baep, os suspeitos em fuga invadiram chácaras. Os moradores foram encaminhados à delegacia e devem prestar depoimento. Características dos suspeitos devem ajudar a polícia a localizar os homens. 

PERÍCIA DOS VEÍCULOS 

Na noite de hoje, a polícia preserva o local pra o trabalho da perícia do IC (Instituto de Criminalística) da Polícia Civil. "A perícia esteve no local para tentar identificar o caminhão encontrado, mas as placas foram destruídas". Um laudo deve ser emitido nos próximos dias. 

A PM disse ainda que pela quantidade de peças encontradas no local, o grupo devia estar agindo há bastante tempo no barracão. O caso vai ser investigado.

Mais notícias


Publicidade