Publicidade

cotidiano

Campinas registra 2 mortes por febre maculosa; uma das vítimas tinha 13 anos

As duas mortes ocorreram no mês de julho nas regiões de Sousas e Vista Alegre

| ACidadeON Campinas -

A febre maculosa é transmitida pelo carrapato-estrela, que geralmente se hospeda em capivaras (Foto: Luciano Claudino/Código19/Arquivo) 

A secretaria de Saúde de Campinas confirmou hoje (30) que duas pessoas morreram vítimas de febre maculosa na cidade nesse ano. As duas mortes ocorreram no mês de julho. A vítima mais nova era um adolescente de 13 anos e a mais velha, um homem de 58 anos.

Segundo a pasta, o primeiro óbito foi de um técnico agrícola de 58 anos. O profissional circulava em muitos lugares por conta da profissão, mas o último local onde esteve foi no distrito de Sousas região com grande área rural em Campinas.

Já a vítima mais recente foi um adolescente de apenas 13 anos. Também de acordo com a investigação da Saúde, o provável local de infecção do menino ocorreu no bairro Vista Alegre região onde o adolescente morava. A febre maculosa é transmitida pelo carrapato-estrela, que geralmente se hospeda em capivaras (leia mais abaixo).

NÚMEROS

Em todo ano, Campinas registrou esses dois casos de febre maculosa, sendo ambos fatais. Em 2020, foram sete casos da doença, sendo que cinco pessoas acabaram morrendo devido a gravidade.

INVESTIGAÇÃO

A Saúde explicou que, após a constatação das mortes, é adotado o procedimento padrão, que é a investigação de prováveis locais de infecção pelo carrapato estrela.

O Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) informou também que faz visitas domiciliares e diagnóstico ambiental com pesquisa acarológica e manejo ambiental nos lugares onde ocorreu a possível incidência do carrapato contaminado.

A FEBRE MACULOSA

A febre maculosa é transmitida pelo carrapato-estrela, que geralmente se hospeda em capivaras. Os sintomas iniciais da febre maculosa são febre, dor no corpo, mal-estar, podendo também causar náuseas e vômitos, diarreia e dor abdominal. Também podem aparecer manchas vermelhas pelo corpo.

É importante que pessoas que apresentem sintomas entre dois e 14 dias após terem entrado em áreas de risco procurem uma unidade de saúde e avisem que podem ter tido contato com carrapatos.

A doença tem tratamento, mas tem rápida evolução. Se não tratada, pode levar o paciente a óbito em seis a oito dias. Não existe vacina contra febre maculosa.

Mais notícias


Publicidade