cotidiano

Especial coronavirus

Criança de 5 anos morre de síndrome pós-covid; Campinas tem mais 29 óbitos

Menino não tinha doenças anteriores e morreu no dia 19 de fevereiro; no total, 2.184 moradores perderam a vida para o coronavírus

| ACidadeON Campinas -

Novo boletim epidemiológico foi divulgado nesta terça-feira (23) (Foto: Luciano Claudino/Código19)

Uma criança de 5 anos morreu de síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica pós covid-19 em Campinas, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje (23) pela Prefeitura. O menino não tinha doenças anteriores e faleceu no dia 19 de fevereiro. Este é o segundo caso desta síndrome registrado em Campinas. A primeira morte foi de uma estudante de 13 anos, confirmada no dia 3 de março.

De acordo com a Administração, essa síndrome pós-covid se caracteriza por inflamações da parede dos vasos sanguíneos de órgãos como rins, articulações, sistema nervoso central e vias respiratórias. O diagnóstico do menino foi baseado na presença de sinais e sintomas clínicos. Segundo a Prefeitura, esse quadro deve ser avaliado dentro do contexto epidemiológico do coronavírus, excluindo assim outras causas. 

Leia mais: Entenda a síndrome pós-covid que vitimou estudante de 13 anos

Além da criança, o boletim trouxe ainda a confirmação de mais 29 óbitos de covid-19, chegando agora a um total de 2.184 moradores que perderam a vida para o coronavírus desde março de 2020. A Prefeitura confirmou também 491 casos a mais, totalizando 77.846 infecções por covid.

Das mortes anunciadas hoje, 18 eram homens e 12, mulheres. A maioria tinha doenças anteriores (23 pessoas) e também era maior de 60 anos (22 vítimas) (leia mais abaixo).

Ontem, Campinas bateu o recorde de mortes anunciadas no boletim epidemiológico, sendo 38 vítimas. O acumulado era dos últimos 3 dias. Já na quinta-feira (18) passada, a cidade também havia batido o maior número de óbitos desde julho de 2020, com 30 registros - o mesmo total de hoje.

AS VÍTIMAS

- Criança (sexo masculino) de 5 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 19 de fevereiro.

- Homem de 38 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 20 de março.

- Homem de 38 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 22 de março.

- Homem de 50 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Homem de 54 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 22 de março.

- Mulher de 58 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 19 de março.

- Homem de 58 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 19 de março.

- Homem de 59 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Mulher de 60 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 19 de março.

- Mulher de 60 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Homem de 61 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 22 de março.

- Homem de 62 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 19 de março.

- Mulher de 63 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 18 de março.

- Homem de 64 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Mulher de 64 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 22 de março.

- Homem de 66 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 18 de março.

- Homem de 70 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Homem de 71 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 20 de março.

- Mulher de 71 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Mulher de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 19 de março.

- Homem de 72 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Mulher de 73 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 22 de março.

- Mulher de 79 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 13 de março.

- Mulher de 79 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Homem de 79 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Homem de 84 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 17 de março.

- Homem de 84 anos. Não tinha comorbidades. Morreu dia 20 de março.

- Mulher de 86 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 21 de março.

- Mulher de 89 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 23 de março.

- Homem de 91 anos. Tinha comorbidades. Morreu dia 20 de março.

Mais notícias


Publicidade