Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Vera Cruz assume controle da gestão da Casa de Saúde

Holding integrada por empresa do futuro superministro Paulo Guedes, que já administra o Vera Cruz, expande sua atuação em Campinas

| ACidadeON Campinas

Casa de Saúde de Campinas (Foto: Divulgação/Casa de Saúde) 

A Hospital Care - holding que tem entre seus controladores a Bozano, administrada pelo futuro superministro Paulo Guedes - adquiriu a Casa de Saúde de Campinas. No ano passado, o grupo já tinha comprado 65% das ações do Vera Cruz, outro tradicional hospital da cidade, e é por meio dele que a aquisição foi concluída.

O acordo com a Casa de Saúde foi assinado em 15 de outubro. O contrato celebrado prevê a aquisição, daqui a quatro meses, do prédio anexo e a operação Casa de Saúde de Campinas no prédio em que o hospital funciona atualmente. Neste período, auditores das duas empresas farão diligências, que podem durar até seis meses. Os valores não foram divulgados. 

Fundado há mais de 130 anos, a Casa de Saúde vem passando por uma grave crise financeira. Em junho deste ano, por exemplo, chegou a suspender o atendimento no Pronto-Socorro Adulto por quase duas semanas.

UNIMED

Nenhum dos hospitais informou como a gestão do Vera Cruz mudará o atendimento na Casa de Saúde, que atualmente atende diversos convênios - como a Unimed, por exemplo - que não são parceiros do Vera Cruz. No entanto, o sistema deve ser mantido.

"Reconhecemos o bom trabalho de relacionamento desenvolvido pela equipe da Casa de Saúde junto aos seus parceiros comerciais, e como Hospital Vera Cruz, temos total interesse em mantê-lo", disse o Vera Cruz, em nota.

Segundo o jornal Valor Econômico, o Vera Cruz vai administrar a Casa de Saúde por 30 anos. Esta, por sua vez, será transformada em uma unidade do Vera Cruz, mas voltado para a classe média.  

Paulo Guedes (3º da dir. para esq.), ao lado de Jonas Donizette, no anúncio da compra de 65% do Vera Cruz, em 2017 (Foto: Divulgação)
PAULO GUEDES

O futuro "superministro" da área econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é o principal controlador da Bozano Investimentos, uma das três empresas integrantes da Hospital Care, e a que tem maior participação na holding.

Como ele vai assumir o governo, já está preparando a sua sucessão na Bozano, para abandonar de vez seu posto na empresa - o estatuto da Bozano não permite que seus controladores ocupem cargos públicos.

Fundada em 2017, a Hospital Care já tem seis hospitais, dois centros médicos, quatro clínicas com médicos especialistas e um laboratório de medicina diagnóstica. Além de Campinas, a rede opera em Campinas, Ribeirão Preto e Florianópolis (SC). O grupo não revela o faturamento, mas estima-se que seja da ordem de R$ 750 milhões.

As recentes transações fazem parte da estratégia do grupo de criar uma rede com hospitais de alta complexidade e em seu entorno ter clínicas médicas, consultórios com especialistas e hospitais de baixa complexidade.

Além do Vera Cruz e, agora, da Casa de Saúde, a Hospital Care também gerencia consultórios com clínico geral e médicos especialistas das áreas de ortopedia, cardiologia, pediatria e oncologia, entre outras especialistas, em Campinas.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook