Publicidade

cotidiano

Operação prende duas pessoas na região de Campinas por tráfico de anabolizantes

Suspeitos foram flagrados com remédios e anabolizantes sem receita; operação cumpre mandados de busca e apreensão em Campinas e Indaiatuba

| ACidadeON Campinas -

 

Presos foram flagrados com remédios e anabolizantes sem receitas (Foto: Reprodução/EPTV)

Equipes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Campinas, do MP (Ministério Público), com apoio da tropa de choque de São Paulo, prenderam duas pessoas durante uma operação contra o tráfico de anabolizantes em Indaiatuba e Campinas. A ação foi desencadeada na manhã desta quarta-feira (31), em condomínios e farmácias das duas cidades. 

Na "Operação Hércules" foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão, sendo cinco em Indaiatuba e três em Campinas. Os alvos, segundo os agentes, vinham sendo investigados há um ano. 

Um dos presos nesta manhã era o síndico de um condomínio localizado no Jardim Esplanada, em Indaiatuba. Na residência dele foram encontrados remédios e anabolizantes sem receita. Outra pessoa foi presa na cidade. 

Também durante a operação, duas farmácias foram interditadas com remédios controlados sem receita médica e anabolizantes. Os donos dos estabelecimentos foram levados para depor, e os medicamentos apreendidos e levados até a delegacia. 

A operação segue em andamento e conta com o apoio dos departamentos de Vigilância Sanitária e das Secretarias de Saúde de Indaiatuba e Campinas. Os suspeitos permanecem à disposição da Justiça e vão responder por falsificar, corromper ou adulterar produtos destinados a fins terapêuticos e medicinais.

Mais notícias


Publicidade