Aguarde...

cotidiano

CPFL suspende corte de energia para inadimplentes com baixa renda

A ação é determinada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que visa garantir a continuidade dos serviços de distribuição de energia

| ACidadeON Campinas

Poste de iluminação na rua Jose Paulino, no centro de Campinas (Foto: Denny Cesare/Codigo19) 

A CPFL Energia decidiu no final desta terça-feira (25) suspender, temporariamente, o corte de energia elétrica do clientes indadimplentes com baixa renda financeira durante a pandemia de coronavírus. Essa decisão ocorreu após a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovar uma série de medidas a serem implementadas pelas empresas distribuidoras de energia, para garantir a continuidade dos serviços por conta da pandemia do novo coronavírus.

Mais cedo, ainda nesta quarta, a Sanasa anunciou medida semelhante, de isenção de tarifa da água para famílias de baixa renda.

Em Campinas, a medida vale para os clientes residenciais urbanos e rurais, incluindo aqueles cadastrados no benefício de baixa renda, além de serviços e atividades consideradas essenciais, conforme a legislação, entre eles hospitais. A medida não contempla outras classes de clientes.

Em nota oficial, a empresa alertou para o acúmulo de contas, uma vez que as medidas da Aneel são temporárias, com prazo de término definido em 22 de junho de 2020.

Com isso, após o prazo, cobranças de débitos terão incidência de juros e multas e serão passíveis de corte de energia em caso de não pagamento. Além disso, a negativação do cliente inadimplente em cadastros de crédito continua sendo permitida e utilizada pela companhia.  

Leia mais notícias sobre o coronavírus no ACidade ON Campinas

LEITURA DE CONSUMO

Outra medida definida pela Aneel foi a permissão para que as distribuidoras realizem leituras do consumo em intervalos diferentes do usual ou mesmo que não façam. Nesse caso, será considerada a média aritmética do consumo nos últimos 12 meses.

Outra medida temporária estabelecida pela Aneel foi a suspensão do atendimento presencial ao público, para evitar a aglomeração em postos de serviços e preservar a saúde dos colaboradores e clientes (ação já adotada pela empresa desde 20 de março).

PELA INTERNET

Para facilitar o recebimento e pagamento das contas e contribuir para a saúde de todos, a empresa orienta seus clientes a cadastrarem a conta por e-mail e atualizarem seus dados (principalmente e-mail e telefone celular), por meio dos canais online ou do aplicativo CPFL Energia no smartphone ou tablet.

Além disso, a CPFL Energia disse que também disponibiliza aos clientes diversos canais de pagamento, tais como internet banking e débito automático, parcelamento pela web (via site ou aplicativo), parcelamento da conta com cartão de crédito, dentre outros.

A empresa informou que mais de 30 serviços estão disponíveis nos canais online. Por exemplo, a segunda via das faturas também pode ser solicitada por SMS. Basta o cliente enviar um SMS com a palavra CONTA e o número do "seu código" (presente na conta de energia) para a distribuidora da sua região.

Mais do ACidade ON