Publicidade

cotidiano

Devisa multa 4 estabelecimentos e interdita 2 no Ouro Verde

Fiscalização de comércios multou quatro e interditou parcialmente dois estabelecimentos da região do Ouro Verde

| ACidadeON Campinas -

Quatro estabelecimentos foram multados na região do Ouro Verde (Foto: PMC)

Uma ação de fiscalização das medidas sanitárias de combate à covid-19 multou quatro e interditou parcialmente dois estabelecimentos da região do distrito do Ouro Verde, em Campinas, na tarde desse sábado (6). 

LEIA TAMBÉM 
Prefeitura realiza fiscalização e lacra academia no Centro de Campinas


A ação foi realizada pela Vigilância Sanitária do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde) de Campinas, com participação da GM (Guarda Municipal), em diversos bairros do distrito do Ouro Verde.

Fiscais do Devisa visitaram 15 estabelecimentos nos bairros Residencial São José, Parque Universitário, Vista Alegre, DIC V, Rosalina e Recanto do Sol. 

Entre os comércios fiscalizados estão um shopping center, mercearias, supermercados, lanchonetes, oficina de motocicleta, restaurantes, lojas de produtos de higiene e óticas. 

Destes 15 estabelecimentos vistoriados, quatro foram multados e dois foram parcialmente interditados. O shopping foi parcialmente interditado por não controlar o fluxo de pessoas, de forma a limitar o número de clientes, provocando aglomeração e desrespeitando as regras da vigilância sanitária.

Além do shopping center, também foi interditado parcialmente um bar/mercearia por consumo de bebida nas dependências do estabelecimento. 

FISCALIZAÇÃO

A Prefeitura de Campinas informa que as fiscalizações continuarão ocorrendo de forma contínua, pois a situação do sistema de saúde da cidade segue crítico com o avanço da disseminação da doença.

Os cuidados devem ser intensificados, como o uso adequado de máscaras de proteção, higienização frequente das mãos e, principalmente, respeitar o distanciamento social a fim de evitar aglomerações.

Os estabelecimentos que não seguirem as orientações de segurança contra o novo coronavírus recebem multa no valor de R$1.515,44 e, em caso de reincidência, a multa dobra. Os estabelecimentos considerados não essenciais flagrados funcionando, com atendimento ao público, poderão sofrer interdição.

Para denunciar estabelecimentos e comércios de Campinas que estejam desrespeitando as normas sanitárias de combate à covid-19, entre em contato com o telefone 156 da Prefeitura. 

FASE VERMELHA 

O retorno da fase vermelha da quarentena foi anunciado na quarta-feira (3), devido ao aumento de casos e óbitos em todo o estado de São Paulo, e teve início nesse sábado.  

A fase vermelha é a mais restrita do Plano SP de combate à covid-19 e o retorno dela é necessário para evitar um colapso no sistema de saúde público e privado de Campinas e das cidades da região.

Ela tem validade de duas semanas, terminado no dia 19 de março. Junto com ela, o Estado decretou um toque de restrição das 20h às 5h. Nesta fase, somente os serviços essenciais, como mercados, bancos e farmácias, podem funcionar.

Mais notícias


Publicidade