Publicidade

cotidiano

Jonas e secretário viram réus por pedalada fiscal no Camprev

A Justiça aceitou a denúncia do MP contra Jonas Donizette (PSB) e o secretário de Finanças, Tarcísio Cintra

| ACidadeON Campinas -

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) (Foto: Denny Cesare/Código19) 

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) e o secretário de Finanças, Tarcísio Cintra, viraram réus em uma ação proposta pelo MP-SP (Ministério Público do Estado de São Paulo).

A denúncia aponta supostas pedaladas fiscais no Camprev (Instituto de Previdência de Campinas). Outros dois ex-secretários também são réus na mesma ação.

O juiz Wagner Roby Gidaro deu o prazo de 15 dias para os réus contestarem as argumentações do MP. Eles são acusados de improbidade administrativa.

Segundo o MP-SP, ocorreram repasses de verbas da Prefeitura ao Camprev em 2015, o que teria gerado um prejuízo de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos.

Em 2015, a Prefeitura atrasou os pagamentos dos meses de setembro e outubro e fez um acordo de parcelamento em 60 vezes, informando que não tinha recursos. Depois de 22, a Administração pagou o valor de forma integral.

Além disso, em 2016, a Prefeitura deixou de efetuar, desde maio de 2016, os repasses de R$ 3,8 milhões referentes ao acordo patronal de 2011, o que geraria um débito de R$ 30,1 milhões.

Procurada, a Prefeitura informou que "não foi notificada e está à disposição da Justiça para fazer todos os esclarecimentos necessários, pois entende que agiu dentro da legalidade neste caso".

Mais notícias


Publicidade