Aguarde...

cotidiano

Sumaré prepara Hospital de Campanha em unidade desativada

Prédio funcionava como o Hospital Madre Theodora antes de ser desativado; local tem capacidade para 56 leitos de UTI

| ACidadeON Campinas

Hospital de Campanha tem capacidade para 56 leitos (Foto: Reprodução/EPTV)
A Prefeitura de Sumaré prepara um Hospital de Campanha, no distrito de Nova Veneza, para ajudar no combate do coronavírus. O prédio que será utilizado estava desativado e antes funcionava como o Hospital Madre Theodora.  

A estrutura está sendo montada em uma área de 10 mil metros quadrados e vai contar com 20 leitos que foram habilitados pelo município. Há possibilidade de que a quantidade de leitos seja ampliada para 56.  

A Prefeitura informou ainda que a estrutura na rede de saúde do município tem dado conta da demanda de pacientes infectados e que não houve a necessidade de acionar esse hospital de campanha até o momento.  

A unidade foi preparada para um caso de necessidade e superlotação nas UTIs da rede municipal, por isso ainda não há previsão de quando começará a funcionar. 

A Administração Municipal acrescentou que, no momento, a Unidade Respiratória está com 70% de ocupação com um paciente entubado. A UPA Matão tem um leito de isolamento para suspeitos da doença que aguardam ser transferidos para o Macarenko e no momento não está ocupado.  

Os pacientes que apresentam sintomas graves da doença são transferidos ao HES (Hospital Estadual de Sumaré) ou outros hospitais referenciados pelo CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde).

Mais do ACidade ON