Aguarde...

cotidiano

Testagem aponta que 27 mil já tiveram covid-19 em Campinas

O estudo testou 1.937 pessoas, sorteadas em todas as cinco regiões da cidade. Destas, 43 testaram positivo para o novo coronavírus

| ACidadeON Campinas

Campinas registra mais casos de covid-19 (Foto: Denny Cesare/Código19)
Cerca de 27 mil moradores de Campinas tiveram e ganharam anticorpos contra a covid-19, segundo o resultado da testagem em massa da população feita pela Prefeitura de Campinas em conjunto com a Unicamp durante o mês de junho. O resultado da pesquisa foi divulgado nesta segunda-feira (29) durante live feita pelo prefeito Jonas Donizette (PSB).

O estudo testou 1.937 pessoas, sorteadas em todas as cinco regiões da cidade. Destas, 43 testaram positivo para o novo coronavírus. Com a projeção na população de 1,2 milhão de habitantes, segundo a Prefeitura, o número de infectados é de cerca de 27.087 campineiros infectados.

Com isso, nota-se a subnotificação da doença na cidade, uma vez que até o dia 26 de junho, o número de casos confirmados era de 7.027 segundo a Prefeitura. "É como uma pesquisa eleitoral, não precisa ter todos os votos para saber quem vai ganhar. Foi um trabalho feito com a Unicamp. Assinamos no dia 18 de maio uma portaria em conjunto para trabalhar os dados juntos", disse o secretário de Saúde, Carmino de Souza.

A predominância de casos foi na região Noroeste (Campo Grande e Ouro Verde), com 3,68%, e Sudoeste (Campos Elíseos e Vila União), com 2,27%. "Inclusive, vemos que a doença avançou para essa regiões, para a periferia, mas começou na região Leste (Cambuí e Centro), com 1,18%", disse o secretário.  
 
LEIA TAMBÉM 
Homens são maioria entre vítimas de covid-19 em Campinas
Dória quer multar pessoas que descumprirem uso obrigatório de máscara
 

Além disso, sobre a subnotificação, o número de casos notificados e o número de casos estimados no inquérito aponta uma diferença de quatro vezes mais pessoas infectadas. Ou seja, a cada quatro pessoas com covid-19, uma é notificada no município.

Sobre isso, a Prefeitura afirmou que o resultado era esperado porque - como em todo o mundo - só 20% das pessoas infectadas buscam ajuda médica. Isso ocorre porque a grande maioria não tem sintomas ou sintomas brandos.

Ainda hoje Campinas confirmou mais cinco óbitos do novo coronavírus e chegou a 7.848 casos confirmados (veja aqui). A Administração também informou que deve voltar a realizar o exame para verificar com o contágio está se disseminando na cidade.

COMO FOI FEITO

Os testes rápidos levam cerca de 15 minutos para darem o resultado positivo ou não para o coronavírus. Eles são feitos com uma picadinha no dedo para colher a amostra de sangue do paciente.

Para administrá-los, o comitê técnico sorteou, por computador, os endereços de Campinas. Em cada casa, um morador era sorteado e, se o resultado fosse positivo, os outros familiares também eram testados.

Além disso, o morador sorteado também respondia um questionário sobre os hábitos de higiene durante a pandemia de covid-19.

Mais do ACidade ON