cotidiano

Especial coronavirus

Média móvel de pacientes internados com covid-19 cai 7,2% na região de Campinas

Queda registrada pela Fundação Seade ocorreu entre o dia 29 de março e 5 de abril; veja dados

| ACidadeON Campinas -

Movimentação no HC da Unicamp (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

Um levantamento feito nos hospitais que fazem parte do DRS 7 (Departamento Regional de Saúde), na região de Campinas, mostra que a média móvel de pacientes internados em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria com covid-19 caiu pela primeira vez desde o início desse ano. Dados mais recentes da Fundação Seade apontam queda de 7,5% entre o dia 29 de março ao dia 5 de abril.

A média móvel é calculada com o número de casos ou mortes dos últimos sete dias. No dia 5 de abril, foram 294 novas internações. O pico, segundo o Seade, ocorreu no dia 29 de março, com 317 internações.

Esse pico, inclusive, corresponde aos dados da Prefeitura de Campinas que mostram que março foi o mês mais letal de covid-19 durante toda a pandemia.
Isso ocorre por conta do aumento de casos - que também aumenta, consequentemente, o número de internações.

Antes dessa queda, a anterior havia sido registrada em 15 de fevereiro que registrou 103 internações. De lá para cá, os registros foram só de alta nas internações e a nova queda foi registrada ontem.
 

Leia também: SUS de Campinas volta a ficar sem leitos de UTI-Covid

ÁREA

A área da DRS 7 inclui 43 cidades da região de Campinas além das 20 da RMC (Região Metropolitana de Campinas) -, a lista inclui também municípios como Amparo, Jundiaí e Socorro. Essas cidades são agrupadas como DRS 7 pelo governo do Estado.

MORTES

O Seade também apresentou dados da média móvel de novas mortes no DRS 7. Diferente das internações, os óbitos de coronavírus continuam a registar alta. No dia 5 dia de abril, eram 73 mortes de covid (a média da semana. No dia 29 de março, 72. Já em fevereiro, foram 54 vítimas da covid-19.

Hoje o Estado bateu um novo recorde de registro de mortes em 24 horas. Foram 1.389 mortes registradas, de acordo com dados do governo estadual desta terça-feira (6). O recorde anterior no número de óbitos registrados em um dia foi de 1.209, da última terça (30) (leia mais aqui).  

(Com informações da EPTV Campinas)


Mais notícias


Publicidade